Conversa com jogadores e comissões técnicas

07/05/2017 às 11:47 | Assessoria CBF

Árbitro de vídeo: CBF visita clubes da final

O primeiro jogo da história do futebol brasileiro com o uso do árbitro de vídeo (AV) será disputado neste domingo (7), 16h (Horário de Brasília), na Ilha do Retiro, em Recife (PE). Mas o trabalho da CBF e da Federação Pernambucana (FPF) para esta partida começou no início da semana, com instalação de equipamentos, treinamento específico com a equipe de arbitragem e ajustes para seguir o protocolo aprovado pelo International Football Association Board (IFAB). Neste sábado (6), boa parte do tempo foi dedicada a visitas às delegações que vão entrar em campo.

O chefe do Departamento de Arbitragem da CBF e coordenador do projeto do árbitro de vídeo no Brasil, Sérgio Corrêa; e o instrutor e autor do primeiro projeto para uso do árbitro de vídeo, Manoel Serapião, foram às concentrações de Sport e Salgueiro, onde realizaram workshops com jogadores e comissões técnicas dos clubes. Além de uma palestra com os detalhes do AV, foram exibidos vídeos com lances em que o recurso da tecnologia será ou não permitido.

Também acompanharam o trabalho de orientação o presidente do Comitê de Árbitros da Conmebol, Wilson Seneme, e o diretor de Competições da FPF, Murilo Falcão. Os clubes abriram as portas de suas respectivas concetrações e todos os jogadores e integrantes das comissões participaram, interagindo com perguntas e apoiando o projeto. Sport e Salgueiro disputam, neste domingo, a primeira partida da final do Campeonato Pernambucano 2017.

Projeto brasileiro

O projeto do árbitro de vídeo é brasileiro e foi criado por Serapião, com o apoio da Comissão de Arbitragem da CBF e da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF). O AV não atua em todas as dúvidas que possam surgir em campo. As informações são passadas ao árbitro principal em quatro situações:

- Foi gol / Não foi gol
- Foi pênalti / Não foi pênalti
- Cartão vermelho direto indevido
- Identificação errada do jogador punido

Leia mais

Nossos patrocinadores