No último Brasileirão...

17/05/2017 às 17:30 | Assessoria CBF

Trio lidera lista de defesas com reflexos. Veja!

Créditos: CBF

Cinco minutos do segundo tempo e o Santos vencia o São Paulo por 2 a 0 no Pacaembu, na capital paulista. A partida era válida pela 11ª rodada do último Brasileirão. Lugano lançou para o ataque, Michel Bastos desviou de cabeça e a bola sobrou para Jonathan Calleri, que invadiu a bola e soltou o pé em um chute cruzado. É aí que surge voando como um Superman para espalmar a bola que parecia ter seu destino traçado; o goleiro do Santos Vanderlei. Diferente do herói dos quadrinhos, ele não esconde sua identidade quando faz seu trabalho. Foi mais uma defesa complexa realizada pelo arqueiro no Brasileirão.

O santista foi o dono do melhor desempenho em defesas com reflexo – àquelas em finalizações realizadas próximas (dentro da área – pequena ou grande) exigindo certo grau de dificuldade – na última edição do Campeonato Brasileiro. Logo na cola dele, João Ricardo, do América Mineiro, e Fernando Miguel, do Vitória, também frustraram muitos atacantes e travaram o grito de gol na garganta de muitos torcedores. Confira os números dos três goleiros que mais se destacaram nas defesas com reflexo no último Brasileirão: 

 

1º - VANDERLEI (Santos)

Com a defesa que abriu esta matéria, o arqueiro santista realizou 66 defesas com reflexo. A seu favor, Vanderlei teve a grande participação nos jogos do Peixe: o goleiro atuou em 37 das 38 rodadas do Campeonato Brasileiro. Resultado de seu desempenho heroico debaixo das traves, o atleta sofreu apenas 34 gols – média de menos de um gol sofrido por partida. O grande campeonato feito por Vanderlei credenciou o arqueiro alvinegro a um dos mais votados ao título de melhor goleiro do Brasileirão.

Aos 33 anos, o goleiro chegou à Vila Belmiro em janeiro de 2015, após oito temporadas defendendo o gol do Coritiba. Na coleção de títulos, Vanderlei já acumula oito títulos estaduais: um pelo Paranavaí, cinco pelo Coxa e dois pelo Santos. Hoje o camisa 1 é querido pela torcida alvinegra e vai para mais um campeonato pelo Peixe.

 

2º - JOÃO RICARDO (América/MG)

Apesar do rebaixamento do América Mineiro e de ter feito parte da segunda pior defesa do Campeonato Brasileiro, com 58 gols sofridos, João Ricardo evitou o que poderia ser muito pior para o Coelho, que este ano luta para voltar à elite do futebol nacional. O goleiro da equipe mineira realizou 60 defesas com reflexo em 35 partidas disputadas, com média de 1.71 defesas por partida, média semelhante a de Vanderlei (1.78 por jogo). Qualquer super-heroi teria inveja da performance de João Ricardo na 33ª rodada, quando o goleiro realizou nove defesas com reflexo na partida e foi peça-chave na vitória do Coelho sobre o São Paulo por 1 a 0. Neste Brasileiro, o goleiro luta ao lado de seus companheiros para devolver o América à elite do futebol nacional.

 

3º - FERNANDO MIGUEL (Vitória)

Finalmente titular absoluto das traves rubro-negras, depois de pender na corda bamba das lesões, Fernando Miguel voou alto no Campeonato Brasileiro 2016. O goleiro do Vitória salvou a equipe 59 vezes em 31 partidas, com detalhe de ter sofrido apenas 40 gols – dos 53 que o Leão da Barra tomou. As defesas do goleiro rubro-negro colaboraram para a manutenção da equipe baiana na Série A do Brasileirão. Após ser campeão baiano invicto, Fernando Miguel segue como o defensor do gol do Vitória na edição 2017 do Brasileirão.

 

Quem vai ser o terror dos atacantes nesta edição do Brasileirão 2017? Vamos começar a descobrir neste fim de semana. Neste sábado teremos a primeira das 38 rodadas mais emocionantes do futebol pentacampeão do mundo. Confira a tabela da rodada de abertura da competição!

Leia mais

Nossos patrocinadores