Sai que é sua!

08/05/2017 às 13:26 | Assessoria CBF

Taffarel: 51 anos de quem mais defendeu nosso gol

Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

Nenhuma seleção de futebol no mundo representa tanto um povo quanto a do Brasil. Defender a meta da Seleção Brasileira é a mesma coisa que estar à frente de um país inteiro. Ninguém mais defendeu nosso país do que Cláudio Taffarel. Foram 108 jogos em dez anos – 1988 a 1998 – pela Canarinho. É o goleiro que mais vestiu a camisa amarela na história.

No imaginário do torcedor brasileiro, principalmente os que acompanharam as Copas do Mundo de 1994 e 1998, estará para sempre o goleiro loiro vestindo a histórica camisa verde. Ainda têm pesadelos os holandeses com a marca do pênalti e Taffarel pela frente. Na semifinal da Copa da França, o goleiro foi protagonista na disputa de penalidades diante da Holanda. Quatro anos antes, em 1994, ele protagonizou, ao lado de Roberto Baggio, a decisão nos pênaltis que nos deu o tetracampeonato.

Tudo começou quando ele defendia o Internacional de Porto Alegre, clube pelo qual fez história. Em julho de 1988, Taffarel foi convocado pelo técnico Carlos Alberto Silva para enfrentar a Austrália, pelo Torneio do Bicentenário de Independência. Foram pouco mais de 15 mil pessoas que acompanharam a estreia do goleiro pela Seleção no Olympic Park, em Melbourne. Vitória por 1 a 0.

A partir daí, mais de 100 vezes Taffarel defendeu com talento a Seleção Brasileira de maneira incontestável: uma Copa do Mundo (1994), duas Copas Américas (1989 e 1997), uma medalha de prata olímpica em Seul-1988 e uma medalha de ouro pan-americana em Indianápolis-1987. E, ainda hoje, põe seu conhecimento a serviço da Canarinho: Taffarel é o preparador de goleiros do Brasil.

Feliz aniversário, Taffarel!

Leia mais

Nossos patrocinadores