STJD

10/05/2017 às 14:19 | STJD

Volante do Bota enquadrado por jogada violenta

Créditos: Daniela Lameira

Expulso na partida contra o Sport, o volante Bruno Silva, do Botafogo, será julgado na próxima segunda, dia 15 de maio, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol. Denunciado por jogada violenta, o atleta corre risco de suspensão por até seis partidas. O processo está em pauta da Primeira Comissão Disciplinar agendada para iniciar às 11h.

Bruno Silva recebeu o cartão vermelho no jogo contra o Sport. Realizado no dia 26 de abril, pela Copa do Brasil. No relatório disciplinar da partida consta que o camisa 8 recebeu a segunda advertência e acabou expulso aos 42 minutos do primeiro tempo “por dar uma entrada carrinho atingindo os pés de um adversário de maneira temerária na disputa de bola”.

Com acesso aos relatos, a Procuradoria ofereceu denúncia contra Bruno Silva por infração ao artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva por “praticar jogada violenta”. A pena prevista no artigo é de suspensão que pode variar entre uma e seis partidas.

Nossos patrocinadores