FIFA repercute título Sul-Americano Feminino

Seleção Brasileira Feminina Sub-20 conquistou seu oitavo título no Sul-Americano Sub-20, dessa vez invicto

Seleção Feminina Sub-20 vence Chile na estreia do Sul-Americano - comemoração de gol

Créditos: Fernanda Coimbra/CBF

A Seleção Brasileira reservou seu lugar na Copa do Mundo Feminina Sub-20 2018, na França, com estilo, vencendo todas as suas partidas no Sul-Americano Sub-20, no Equador. O vice-campeão Paraguai é outro com vaga reservada na Copa do Mundo da categoria. Colômbia e Venezuela foram as outras seleções a chegarem no quadrangular final, mas perderam lugar na competição mundial após terminarem em terceiro e quarto, respectivamente.

Sintonia perfeita

Não foi surpresa alguma ver a Canarinha levantando o troféu da competição. As Brasileiras são dominantes no cenário Sul-Americano Sub-20, uma vez que já conquistaram oito campeonatos continentais até o momento. O que mais chamou atenção no último triunfo foi o fato das brasileiras terem vencido todos os seus jogos. Elas afirmaram sua superioridade ao derrotar o Paraguai na partida final por 8 a 1 – as paraguaias também foram para o jogo como favoritas, tendo vencido todas suas partidas. 

– Desde o momento em que começamos a treinar, trabalhamos duro para que não sofrêssemos nenhum gol – disse a goleira brasileira Kemelli – Nós levamos apenas um na final, mas eu acho que nós fizemos um bom trabalho e mostramos o potencial que nós temos. 

Além de vencer todos seus jogos, a equipe brasileira teve o melhor ataque do torneio, 30 gols na competição – 4,28 gols por partida –, e a melhor defesa, apenas um gol sofrido. A atacante Geyse foi eleita a melhor jogadora da competição, marcando 12 gols – 5 deles somente na partida final. O Brasil ganhou, também, o prêmio Fair Play da competição. 

Paraguai recompensado por consistência

Tirando essa derrota para as brasileiras, as paraguaias provaram que são uma força defensiva a ser notada, não menos importante no ataque, onde Jessica Martinez marcou sete gols e Fabiola Sandoval marcou cinco. 

– O Brasil é uma grande força e não vamos abaixar a cabeça por conta da última derrota. Isso nos fará mais fortes e vai nos preparar para a França – disse a técnica da Seleção, Epifania Benitez, após a segunda classificação paraguaia para a Copa do Mundo - a primeira vez foi em 2014.

Estatísticas

Cinco é o número de vezes que o Brasil ganhou todas as suas partidas no caminho do título dos oito Sul-Americanos que conquistou até o momento. Esta é a primeira vez que realizaram este feito desde 2012. As brasileiras ainda não perderam uma partida na competição, vencendo 39 e empatando cinco das 44 partidas que disputou.

 

Confira a matéria na íntegra no site da FIFA

PATROCINADORES